BOLETIM FINANCEIRO PARA INVESTIDORES [9/6]

O mercado global faz pausa no rali de ativos de risco enquanto avalia a relação entre o ritmo de alta e a velocidade da reabertura da economia global. Índice dólar tem 1ª alta em nove sessões e peso mexicano cai mais de 1,5%, enquanto bolsas recuam.

Agenda externa é fraca na véspera da decisão do Fomc (Comitê Federal de Mercado Aberto) e clima negativo aparentemente reflete uma correção dos ganhos recentes, sem estar relacionado a um fato novo.

No Brasil, rumo pode seguir exterior enquanto julgamento de ações contra chapa de Bolsonaro no TSE está na pauta. Disparada de 3,2% da bolsa ontem, véspera do julgamento, mostrou que mercado não temia um revés. Da mesma forma, investidor relevou as críticas às mudanças nos dados da Covid-19.

Hoje, jornais destacam ordem de Moraes, do STF, para Ministério da Saúde retomar divulgação de números acumulados. Na agenda do dia, Kanczuk fala sobre política monetária em evento uma semana antes do início do Copom. Na véspera do IPCA, IGP-M deve ter forte aceleração e IPC-Fipe supera estimativas, enquanto Tesouro oferta NTN-B (Bloomberg).

Mercado abrindo com variação de +1,05%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Associe-se

Filie-se

Dúvidas?

Preencha o formulário abaixo e nossa equipe irá entrar em contato o mais rápido possível!