SINDICOMIS e ACTC pressionam Brasília por dificuldades no novo sistema CCT Aéreo

O SINDICOMIS e a ACTC estão intensificando esforços para resolver as dificuldades enfrentadas pelos seus representados no novo sistema CCT Aéreo, da Receita Federal do Brasil (RFB).

Após coletar feedbacks por meio de uma pesquisa junto aos seus membros, ambos os sindicatos decidiram agir de forma proativa e enviaram ofícios formais a várias agências governamentais em Brasília. A iniciativa visa exigir atenção imediata para as questões identificadas no referido sistema.

Documentos formais foram enviados para o Departamento de Promoção de Exportações e Facilitação do Comércio do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), a Receita Federal, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e ao secretário nacional de Aviação Civil.

Estes ofícios têm como objetivo obter respostas rápidas e soluções eficazes para atender às demandas apresentadas pela categoria. Assim que o SINDICOMIS e a ACTC receberem as respostas pertinentes, elas serão prontamente divulgadas por meio dos seus canais oficiais de comunicação.

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Associe-se

Filie-se

Dúvidas?

Preencha o formulário abaixo e nossa equipe irá entrar em contato o mais rápido possível!